Auto Retrato

com Oscar Wilde

Arte. Está presente em obras escritas pelos grandes nomes da literatura. Obras essas, contemporâneas a serem estudadas, refletidas, compreendidas. Obter a sensibilidade de conhecer o interior humano e aplicar práticas de elevação moral na convivência cotidiana com todos que nos cercam.

Oscar Wilde é um desses artistas dos quais temos muito que aprender e estudar. Sua história de vida, marcada por julgamentos, desequilíbrios e forrada em sensibilidade, tende a questionamentos de épocas, realidade e evolução. Expõe, desabafa seu íntimo em uma obra histórica que sem dúvida não se pode perder a leitura de O Retrato de Dorian Gray. Outros títulos publicados, assim como para o público infantil, Oscar, um grande literato, marcou nesse livro várias questões a serem conversadas. Estética, beleza, envelhecimento, alma. Desenvolveu como ninguém assuntos, um pacote de itens, pertinentes à mente da atualidade. Esse culto à aparência física atingindo à massa e deixando o equilíbrio com o interior de lado.

A capacidade de mudança torna-se mais fácil fisicamente do que moralmente. E esse tipo de reflexão já não faz parte do contexto. Lembrando que não estamos falando da importância que se deve ter com a saúde e também com a vaidade natural, sem excessos.

São tantos assuntos a serem abordados dessa obra... Mas comentando apenas um parágrafo já é de grande valia.

Aborda a evolução da ciência avançando na suposição de um domínio contemplativo em todas as questões feitas pelo Homem principalmente sobre as fontes de vida. Um questionamento ao qual, passo a passo, conforme os estudos e possibilidades a ciência vem alcançando espaços de conhecimento significativos. O objetivo é evoluir sempre. Equilíbrio moral, físico, espiritual. Conhecimento vem através de estudos e prática. A compreensão do EU é deixada de lado, pelo fato da facilidade que se tem de compreender e julgar com sentença e tudo mais o OUTRO. Falhas na ética do ser bom e praticante no bem. Dificuldades de assumir as próprias falhas, trabalhar alterações de melhorias, esculpirem os diamantes que ainda estão brutos esperando uma lapidação que requer esforço contínuo. O que fazer e o que evitar? A aceitação de resposta de conduta está onde encontramos a felicidade: dentro do próprio ser. O decorrer do tempo com ausência da atenção devida deixa o diamante bruto empoeirado pelos dias sem trânsito. Sempre há tempo. O despertar em algum momento ocorrerá e nesse momento um novo olhar no caminhar estará presente.

O psicológico emocional presente em O Retrato de Dorian Gray traz à tona essas e tantas outras reflexões sobre o que se pode transformar no contexto da trajetória em que percorremos. Lutas internas, comportamentos, futilidades. E o que realmente nutri de luz as raízes do indivíduo são as descobertas que vai se fazendo durante o caminhar da vida. Soma-se aprendizado, compartilha-se conhecimento. A convivência em sociedade, bem observada, proporciona a evolução do indivíduo.

Leitura apaixonante! E para acrescentar um comentário muito bem vindo de José Carlos de Lucca, um autor de nossa atualidade, que merece a lembrança por suas belas obras. Em um de seus livros reforça o que vínhamos dizendo sobre conviver. As lutas diárias pela sobrevivência e realização de nossos sonhos requerem muito suor para que sejam realizadas, e interligadas à vida, não se resume na arte de viver, mas na difícil arte de conviver. Nosso planejamento e transformação não dependem apenas de nós, mas de um conjunto de como nós vamos interagir com o todo. As consequências são diretas e as auto-análises devem estar presentes no contexto.

O viver não são férias. Os desafios e lutas que devemos enfrentar devem estar distantes do temor que levam à perda de oportunidades que estão em nosso caminho e que a observação requer atenção. O olhar no auto-retrato, a figura que exibe o contexto desejado deve ser real, intenso de verdades e sempre pronto a modificações, gerando a luz que vem do interior refletindo aos que nos permeiam, contagiando de paz.

©2020 desenvolvido por Commark Comunicação e Marketing