Aparelho auditivo

traz de volta 
os bate-papos

para idosa
 

O aparelho auditivo Phonak trouxe de volta para a aposentada Josefa Castro Galvão, de 92 anos, as ‘delícias’ de se bater um papo. A moradora de Itapetininga teve o aparelho adaptado pela fonoaudióloga Maura Regina Laureano, da Clínica Fonec (Fonoaudiologia e Neurociência).
“Era horrível ficar sem falar com ninguém. Antes que a doutora Maura me indicasse esse aparelho, eu não conseguia ouvir ninguém, não sabia o que estavam falando na televisão. Eu não estava feliz”, recorda.

 

A aposentada colocou o aparelho nos dois ouvidos e já sofria com problema audição há alguns meses. “Ela estava vivendo em um mundo só dela. Ela e seus pensamentos, sem ninguém para lhe ouvir”, lamenta a filha Maria de Fátima Castro Galvão.
Agora, o aparelho ajuda até no quesito aparência. “Minha mãe é muito vaidosa. Tentamos um aparelho daqueles que ficava para fora do ouvido, mas ela odiava. Esse da Phonak fica dentro do ouvido, é mais discreto”, ressalta.

 

Fátima ainda ressalta o diferencial no atendimento da fonoaudióloga Maura. “Antes da consulta, minha mãe não tinha assistência. Agora, com a doutora, o atendimento foi excelente desde a primeira vez. Ela nos explicou, orientou... Tivemos um excelente custo-benefício”, completa a filha.

©2020 desenvolvido por Commark Comunicação e Marketing