Confesso que esse o tema dessa edição é um tanto instigante e ao mesmo tempo, amplo. 
A Educação está presente em todos os aspectos e todos os momentos de nossa vida, desde o momento em que nascemos até o fim dos nossos dias.


Vamos falar um pouco sobre a educação nutricional, que ganha cada vez mais destaque nos dias atuais. Me lembro quando criança (isso já faz um pouco de tempo), a preocupação das mães e avós para que comêssemos bem, para “crescermos”. Indiretamente, essa preocupação tinha sentido. Existe uma fase na primeira infância, onde fica muito difícil a apetência entre os pequenos e isso é super comum.
Era uma época onde os industrializados e os ultraprocessados quase não existiam e além disso, o acesso era mais complicado, caros também.


Por outro lado, o que vemos hoje em dia é o avanço desses alimentos em escala geométrica e o preço muito mais acessível. Isso faz, infelizmente, com que cresça uma geração de pessoas com doenças crônicas, como diabetes, hipertensão, dislipidemias, isso sem falar da obesidade infantil.

 

Mas qual o objetivo de eu falar tudo isso??? 
É importante entendermos que a educação nutricional, inicia em casa. Nós, pais, somos o espelho deles. Afinal de contas, somos nós quem os iniciamos no processo alimentar, logo após a amamentação.
Não podemos ser incisivos para que as crianças consumam alimentos saudáveis se nós não os consumirmos. Eles nos observam, nos imitam e nos questionam. Isso vale para a formação moral e para a nutrição também.


Tendo percebido isso, o Conselho Federal de Nutrição colocou como lei que as crianças tenham aulas de educação nutricional nas escolas e então, possam entender melhor o conceito de alimentação saudável. No meu ponto de vista, isso vai muito além e pode inversamente, fazer com que essa nova geração leve os conhecimentos de saúde para a casa, para os pais e responsáveis.
A ideia de fazer com que a família, escola e criança estejam em sintonia, permite que possamos aprender mais, errar menos e promover a atenção primária à saúde. Sempre será melhor prevenir; sempre será melhor cuidar!


Pensem com muito carinho nessa proposta.

Educação nutricional da escola para casa; das criancas para os pais

- Paula Rios

©2018 desenvolvido por Gustavo Matheus