DOS EUA PARA ITAPETININGA:

5 TENDÊNCIAS DE CONSTRUÇÃO CIVIL

A gerente administrativa da NatuVidros e NatuEsquadrias, Janaína Villalba Dassi, em recente viagem aos Estados Unidos, pôde observar algumas tendências na construção civil que em breve estarão chegando a Itapetininga. Mantenha-se antenado caso pretenda fazer uma reforma ou obra seguindo dicas da Janaína. Confira:

 

1. Esquadrias pretas

“A ‘fase’ das esquadrias brancas está ficando para trás. No estado da Flórida fiquei impressionada com o número de obras em esquadrias na cor preta... Recentemente, durante visita a Fesqua 2018 (XII Feira Internacional da Indústria de Esquadrias), realizada em São Paulo, também observei um grande número de expositores e stands evidenciando as esquadrias de coloração preta, confirmando uma nova tendência de mercado. Nós já estamos nos preparando para maior demanda nesse fim de ano e início de 2019”, conta.

 

2. Vidro refletivo

“As fachadas com vidro refletivo antigamente tinham um custo muito alto no Brasil, porém com o aumento da procura houve também aumento da oferta, tornando o produto agora bem mais acessível. Interessante que este modelo de fachada é desenvolvido com tecnologias que beneficiam o controle de eficiência da intensidade de luz e calor transmitidos. Os vidros refletivos são grandes aliados do conforto ambiental, mantêm os ambientes mais frescos possibilitando economia com custos relacionados ao ar condicionado, por exemplo”.

 

3. Esquadria estilo “Retrô”

“Saindo do burburinho de Orlando ou Miami para locais um pouco mais afastados e tranquilos, como Winter Garden e Winter Park, vi muito desses modelos com visual um tanto quanto mais ‘retrô’. Estamos começando a observar uma maior procura também por aqui em Itapetininga e região, principalmente por influência de alguns arquitetos antenados.”

 

4. Placa fotovoltaica

“Essa tecnologia já é amplamente utilizada nos EUA, Ásia e Europa. No Brasil, ainda estamos passando por um período de transição e adaptação. Porém, a velocidade com que o setor se adapta acredito que provavelmente no próximo ano já estará disponível aqui em Itapetininga. As placas fotovoltaicas ficam atrás dos vidros refletivos e captam a energia solar, armazenando energia. A energia armazenada fica disponível para utilização, por exemplo no próprio edifício, ou até mesmo vendida, gerando economia ou até receita. Damos orientação a quem se interessar por essa grande evolução na construção civil”, comenta.

 

5. PVC com tom madeira

“Além das esquadrias de alumínio outro material em alta é o PVC. A proximidade e semelhança da cor em tom madeira tem gerado grande procura. Importante salientar que a esquadria de alumínio também tem esse recurso (tons de madeira). Comparativamente à madeira o PVC possibilita maior qualidade em conforto acústico e incrível isolamento térmico, flexibilidade de acabamento de acordo com a necessidade, além de proporcionar menor custo de manutenção (não são necessárias medidas contra cupins, não é afetado pelas chuvas).”

 

NatuVidros e NatuEsquadrias 

www.natuesquadrias.com.br

Rua Maria do Bom Sucesso de Proença Moraes, 80 - Vila Progresso

(15) 3273-1648  /  3273-2529

 

©2018 desenvolvido por Gustavo Matheus