NICOLE MACHADO DE PAULA
A menina de 10 anos que já
escreveu mais de 150 livros

menina2
menina2

press to zoom
menina3
menina3

press to zoom
menina1
menina1

press to zoom
menina2
menina2

press to zoom
1/3

Nos papéis sulfite dobrado ao meio estão desenhos, cores, letras, personagens e muita imaginação. Inúmeras folhas grampeadas formam a unidade de um livro, publicados pela ‘editora’ LPS (Leitores Para Sempre) – mais uma de suas criações.

Nicole Machado de Paula, de 10 anos, é a autora dessas obras que retratam uma infância feliz que transborda inocência e magia.

 

Nicole veio à nossa redação com os pais André e Cristiane. O pai trazia uma caixa cheia com as obras da filha. Enquanto a mãe segurava pela mão a irmãzinha de Nicole, a Milena, de 6 anos. “A Nicole é assim mesmo, desde criança muito imaginativa. Começou sozinha a escrever, mas desde muito nova lemos para ela, levamos ao teatro, sempre trouxemos um pouco de cultura”, dizem os pais.

 

Nos livros, há histórias em quadrinhos retratando fadas e princesas. Nicole também faz de sua irmã uma personagem, mostra coisas de sua escola e fala, é claro, de si mesmo como uma heroína: a Nikkizinha. “Eu levo comigo um bloco de notas por todo lugar, pois nunca se sabe quando é que vou ter uma ideia”, conta a menina.
Apesar de adorar criar histórias e fazer desenho, a menina tem um problema com a finalização de sua arte. “Eu não gosto de ficar pintando. Poderia deixar minha irmã Milena, mas ela não consegue ainda pintar dentro das linhas”, lamenta.

A garota estuda na escola Benedita Vieira Madalena de Almeida, no Jardim Brasil. Lugar onde, segundo ela, somente este ano começou a ter seu trabalho devidamente ‘reconhecido’. “Só esse ano é que comecei a ser reconhecida. Isso porque minha professora deu um trabalho para gente montar uma história em quadrinhos e ela indicou que os outros alunos viessem tirar dúvidas comigo”, comenta.

A Revista Top da Cidade conheceu a história da Nicole através de uma sugestão dela própria. Ao ver a coluna “Artistas de Itapetininga” do professor Geraldo Toledo, no mês de julho, a menina passou dias pedindo à mãe dela: “Eu também sou uma artista, então deveria estar na revista.” Logo, tratou de enviar um e-mail para nossa redação com autorização dos pais pedindo uma reportagem com ela mesma.
E você, quer contar sua história ou a de alguém na nossa revista?
Entre em contato pelos telefones 3537-1920 e 98153-0016, ou pelo nosso e-mail contato@topdacidade.com.br.