Desligue o piloto automático

e Viva Melhor

por Selene Sacadura

Olá! Espero que esteja tudo bem contigo! 
Um estudo científico da Universidade de Harvard (EUA), publicado na Science, comprovou que, durante 46,9% do nosso tempo, não estamos prestando atenção ao que fazemos, ou seja, não estamos realmente presentes, estamos no chamado "piloto automático". 

 

Vamos exemplificar: às vezes, estamos no banho, lavando os cabelos e vem a dúvida: "Já coloquei, ou não, o condicionador nos cabelos?", ou ficamos pensando se tomamos, ou não, a pílula anticoncepcional ou o remédio para controle da pressão arterial, ou mesmo quando vamos pegar as chaves do carro, não as encontramos em canto nenhum. Tudo isso ocorre porque efetuamos as atividades de forma automática, sem estarmos de fato atentos, focados, e realmente presentes, ao que fazemos momento a momento.

 

Poderíamos dizer que vivemos grande parte de nossas vidas no "piloto automático", ocasionando algumas vezes comportamentos reativos e atos impulsivos, ao praticarmos, por exemplo, o famoso "bateu-levou" - ao termos explosões emocionais culminando, até em palavras, sentimentos e atitudes em desequilíbrio, afetando de forma negativa nossa vida pessoal, profissional e social.

 

Esse automatismo tem como aliado o fato de realizarmos várias tarefas simultaneamente, sermos multitarefa. Mas, se pararmos para pensar um pouco, verificaremos que a qualidade e eficácia não é a mesma ao realizamos várias tarefas ao mesmo tempo, pois apresentamos maiores chances de errar e nos confundir, por não estarmos totalmente "inteiros" a cada execução. Por exemplo, ao simultaneamente digitarmos um e-mail, falarmos ao telefone com um cliente, e lermos a mensagem que acabou de chegar no Whatsapp, teremos maiores chances de incorrermos em erro e ficarmos estressados. Mas, como várias pessoas agem dessa forma, acreditamos que essa é a forma natural de atuarmos, pois se assim não o fizermos seremos passados para trás. E, assim, o "piloto automático" permanece ligado. 

 

Mas, como sair desse círculo vicioso? Uma alternativa possível é praticarmos Mindfulness, ou seja, desenvolvermos o estado mental da atenção plena ou consciência plena no momento presente de forma intencional, desligando o "piloto automático", treinando a nossa mente para estarmos presentes de fato e fazermos escolhas mais conscientes e assertivas.

 

Vale salientar que mindfulness é uma prática milenar oriental, adaptada para o ocidente pelo médico, pesquisador e biólogo molecular americano Jon Kabat-Zinn, professor emérito da Escola Médica da Universidade de Massachusetts (EUA). É, portanto, uma prática laica com bases científicas, sem conotação esotérica ou religiosa.
Pesquisas científicas realizadas por universidades de renome internacional e pela Psicologia, Medicina e Neurociência apontam que treinamentos baseados na atenção plena podem ampliar a habilidade dos participantes de reduzir o estresse, ansiedade, insônia, depressão, dores crônicas, melhorar o foco, produtividade, resiliência, os relacionamentos interpessoais, tomada de decisões, criatividade e o autocontrole, enquanto aprendem a viver a vida mais plenamente.

 

Para praticarmos mindfulness não há necessidade de adotarmos nenhuma postura específica, como lótus ou semi-lótus; basta prestarmos atenção de forma intencional ao que estamos realizando no aqui e agora, observar os pensamentos, emoções e sensações corporais, observando o que ocorre dentro e fora de nós, cultivando uma atitude de abertura, abrindo mão de julgamentos e aceitando as situações tal como são, acolhendo a realidade e desenvolvendo curiosidade pela experiência vivenciada.
Quer usufruir dos benefícios da atenção plena e ter maior qualidade de vida e bem-estar? Quer informações sobre o próximo curso de mindfulness aberto ao público em geral?

 

Deseja palestras de mindfulness, workshops, treinamentos, cursos intensivos ou semi intensivos de atenção plena adequados à realidade e necessidade da sua organização? 

 

Entre em contato conosco!
Telefones:

(15)99142-5242, (19)99959-1601 (WhatsApp) ou selenesacadura@hotmail.com.  
Grande abraço e um mês pleno de paz, alegria e atenção plena! 

©2018 desenvolvido por Gustavo Matheus