COC insere temas transdisciplinares em 'lives' abertas

Atualizado: Out 23



A coordenação pedagógica do COC Itapetininga deu início a uma prática inovadora. Se, por um lado, a pandemia trouxe dificuldades para ações presenciais, por outro, permitiu a utilização de plataformas de comunicação à distância para aproximar a comunidade escolar, reunindo professores, pais, estudantes -e comunidade- para debater assuntos importantes, visando a formação plena dos jovens alunos.


Uma série de 'lives' está proporcionando conversas e debates, com muita interatividade, trazendo nomes expoentes em assuntos de grande importância para debater temas da sociedade contemporânea.


O Setembro Amarelo proporcionou realizar palestras improváveis de serem realizadas no sistema presencial, com o médico paliativista, psicanalista com especialização em Psicanálise Vincular/Familiar, gestor de conflitos, dr. Nelson Müzel, por exemplo.

Marquito, residente em Piracibada, tocou em um ponto de relevância para estudantes em fase de provas e pressão por resultados em processos seletivos (vestibulares), como a ansiedade.


Com mediação do coordenador Diógenes Paiva e do jornalista Fábio Miranda, as 'lives' "apresentam uma linguagem moderna e atual para os jovens, conectando os temas às plataformas onde eles mais de sentem à vontade: as redes sociais", afirmou o jornalista da Top da Cidade.


"O YouTube é uma ferramente que está aí à nossa disposição", afirmou o coordenador do COC Itapetininga, que conquistou excelência com as plataformas de educação à distância. "Não houve perda de conteúdo e a participação de alunos e professores trouxe um saldo positivo para o aprendizado", concluiu.


Outro espectro importante, reuniu os alunos ao mundo do empreendedorismo, trazendo jovens profissionais para falar sobre 'comportamento empreendedor'.


Essas ações estão sendo realizadas, graças à visão da direção da escola, que não poupou esforços para adequar-se rapidamente ao 'novo normal'; a diretora Sara Rosinha apoiou a iniciativa por entender que a qualidade do ensino deve, sempre, ser a prioridade de toda a comunidade escolar.


Juntos, COC e TOP devem promover mais ações semelhantes, somando foco na educação de qualidade e as ferramentas do moderno jornalismo.


Já participaram: Raquel Muzel, administradora de empresas; Daniel Henrique, publicitário; Daniel Mosca, professor de Ciências Sociais e Atualidades; Dr. Nelson Muzel, médico; Ricardo Ferreira, psicólogo; Marquito, teólogo.


Assista às palestras e curta o canal COC Itapetininga:


Educação Emocional: Vamos falar sobre isso?


Empreendedorismo




©2020 desenvolvido por Commark Comunicação e Marketing