Medo, prevenção e cura do câncer de mama

Temos verificado como é grande o medo das mulheres em relação ao câncer de mama. Nos últimos 20 anos o crescimento desta doença tem sido cada vez maior, inclusive atingindo mulheres abaixo de 40 anos, idade na qual a mamografia não mostra a lesão.

As causas deste aumento são inúmeras, como o estresse, a alimentação, as ondas radioativas, a redução do número de filhos e a amamentação por curto período, fazendo com que a mulher tenha mais ciclos menstruais, havendo então, intenso e repetido estímulo hormonal nas células da mama.


Existem três pontos importantes que a mulher deve saber:


Primeiro: O câncer de mama é silencioso, não dói, não arde, não coça, isto é, não avisa que está surgindo!

Segundo: A mamografia é o melhor método de rastreamento, mas não detecta todos os casos de câncer de mama.

Terceiro: Ainda não é possível evitar que o câncer apareça, isto é, a medicina não consegue evitar o surgimento do câncer, não só na mama como em qualquer órgão.

POR OUTRO LADO:

Entre as mulheres que fazem avaliação periódica com médico especialista se aparecer o câncer de mama, a descoberta será mais precoce e a chance de cura será muito maior chegando a 80 ou 90%.


Entre as mulheres que não fazem avaliação periódica, a chance de cura pode cair para 10 a 20%.


Então a recomendação é fazer avaliação periódica com o médico mastologista, que ao examinar saberá indicar os exames mais adequados para cada caso!


Dr. Heleno de Souza

Mastologia - CREMESP 38287
















©2020 desenvolvido por Commark Comunicação e Marketing