Tratamentos de pele no verão

Atualizado: Out 22

Estamos na primavera, mas as altas temperaturas anunciam um verão quente... como manter os tratamentos de pele no verão?


O melhor seria consultar seu dermatologista para rever sua rotina de cremes de uso diário: no inverno fazemos uso de cremes com ácidos clareadores e esfoliantes, e no verão procuramos trocar por substâncias menos agressivas, mas que mantenham sua pele clara e com viço. O uso de ácidos como retinóico, glicólico e hidroquinona costuma dar muita sensibilidade à exposição solar, sendo comum “efeito rebote” nas manchas.


No calor, é fundamental o uso de rotina de filtros solares, lembrando da reaplicação a cada 2 - 3 horas. Para face, recomendamos o uso de filtros totalizantes, com cor, e fatores de proteção altos, pois ajudam a proteger mais da luz visível.


Existem dezenas de opções de protetores solares faciais, alguns com benefícios adicionais na formulação, como vitaminas, antioxidantes, clareadores, etc. A textura do protetor pode ser seca, ultra-seca ou mais úmida, dependendo da necessidade de cada pele. O protetor facial pode ser líquido, fluido, gel creme, creme, bastão ou em pó, conforme o gosto e adaptação de cada pessoa.


Para o corpo, filtros solares corporais, com maior resistência à água e suor, são os mais recomendados. Filtros solares em spray são mais práticos, para aplicação, porém tem pouca fixação na água.


Os tratamentos de pele permitidos e recomendados no verão seriam os mais tranquilos e menos agressivos, como os peelings e lasers não ablativos (elektra®, spectra®, thulium®), que ajudam no tratamento de melasma, olheiras, poros abertos e manchas. Tratamentos a laser e peelings mais agressivos, como peeling de fenol e laser CO2, não seria recomendado começar agora no calor, mas cada caso é um caso; na dúvida, converse com seu médico.


Tratamentos para flacidez, com ultra-som micro focado (ulthera®, ultraformer®), podem ser realizados sem problemas nessa época, não afetando a pele externamente. Esse tipo de tecnologia causa micro pontos de coagulação no músculo, o que irá estimular o colágeno, melhorando a flacidez em 30-90 dias.


E lembrando que todos os tratamentos injetáveis, como toxina botulínica (Botox®, Dysport®), preenchedores (ácido hialurônico), bioestimuladores (Sculptra®, Radiesse®, Ellansè®) e fios de sustentação (Silhouette®, fios de PDO), podem ser realizados em todas as épocas do ano; única ressalva são eventuais hematomas que podem ocorrer após os procedimentos, que duram no máximo 5-7 dias.


O mais recomendado é você seguir uma rotina anual de cuidados da pele com seu dermatologista, com orientação de cremes para inverno e para o verão; e de procedimentos de acordo com suas necessidades.


#tenhaumdermatologistaparachamardeseu

#conversecomseudermatologista


por Kátia H. Takahashi

Dermatologia, estética e laser

Instagram: @drakatiatakahashi

www.katiatakahashidermatologia.com.br
















©2020 desenvolvido por Commark Comunicação e Marketing