História da vida: o mendigo e o cego surdo-mudo

Em qualquer parte do mundo esta história aconteceu, onde os conflitos racionais religiosos sempre estão em evidência. Um dia o cedo surdo-mudo perambulando pelas ruas caiu, o mendigo o acudiu e se tornaram amigos. 
O tempo foi passando e entre eles uma enorme amizade se formou, o mendigo o dirigia pelas suas mãos e com sua ajuda pedindo lhe dava sustento.
Viviam os dois em uma pequena casa de pedra que lhes servia de abrigo nos momentos de perigo, da chuva, do conforto e de confraternização muda.

 

Os conflitos religiosos prosperam por toda parte do planeta, e aquela pequena cidade também estava no rol destes conflitos.
Numa noite escura se ouviu o pipocar das metralhadoras e tiros pela cidade. Os cidadãos procuravam se proteger. Naquele instante nada mais nada menos, mendigo puxando seu amigo surdo, cego e mudo para o pequeno refúgio.
Mas, num dado momento, uma saraivada de balas passou pelo espaço. O surdo-mudo sentiu que a mão do mendigo deslizava, sentiu um impacto, ficou estático, não podia conceber o que havia acontecido, estava tudo escuro. Sentiu que o corpo do mendigo jazia a seus pés.

 

Agachou-se, colocou sua mão sobre o seu corpo, deslizou sobre ele, algo frio, úmido, sentiu em sua mão, não sabia o que era. Ficou estático, não sabendo o que fazer, não tinha este conhecimento do mundo, por todas sequelas que lhes era auferida.
Ajoelhado, procurou colocar a cabeça do mendigo em seu colo e adormeceu. Pela manhã os cidadãos acordaram assustados para verificar o que tinha acontecido com sua cidade, e lá encontraram os dois amigos. Verificaram que o mendigo havia morrido através de uma bala perdida e o surdo-mudo lhe deu guarida no seu colo em uma tristeza enorme, zelando pelo seu corpo mal sabendo que seu amigo havia morrido.
Esta é uma história de vida.

Roque Rolim

Veja o perfil >

Imaginação

Naquele infinito abismo, duas almas se situaram, cada um em seu devido lugar, mas se importando uma com a outra, viviam em paz e harmonia, vagando pelo espaço desse imenso universo sem se encontrarem.

O Túnel do tempo

Muitas matérias passadas se perdem na distância do tempo, estamos abrindo um espaço para que muitos acontecimentos e fatos antigos não fiquem no esquecimento e retornem à nossa memória.

A fabulosa e secreta mente humana

O que será que pensa a mente humana?

Please reload

©2020 desenvolvido por Commark Comunicação e Marketing