Seguindo Tendências

por Roberto Amaral

Às vezes fico até constrangido com o tema da revista. Não que ele me seja imposto, para que fique bem claro. O Fábio, seguindo ordens da Vitória (já discutimos bastante sobre esta atual tendência moderna), apenas sugere o assunto, me deixando sempre à vontade para escrever sobre o que quiser. Mas respeitando a qualidade da revista, e seguindo a moda (literalmente neste número), não pretendo destoar.

 

Elucubrei com meus botões (bom, já estamos falando de moda). Na última vez que me vi pensando no que vestir, em andar na moda, escolhi uma camisa de voil (tinha algumas), calça Fiorucci (tinha uma – era muito cara) e sapatos de bico fino com meias brancas, além do pulôver amarrado no pescoço. Não riam, pois todos da antiga Praça dos Amores, na década de 80, se pareciam com o tiozão da Sukita... E mulheres daquela época estão proibidas de rir, pois as calças Soft Machine que usavam ficavam três palmos acima do umbigo. Isto sem falar dos cabelos à la “Panteras” ou a Chitãozinho ou de todo mundo usando perfume de almíscar ou patchouli...

 

Vou parar por aqui, primeiro evitando contratempos com a turma da Praça e segundo para evitar mais assédio moral (ou bullying, se preferirem) da geração atual sobre a minha, realidade da qual sempre me queixo. Fugindo um pouco do tema, e fazendo uma pequena enquete, alguém que fez bullying com os pais na nossa época sobreviveu?

 

Nos dias de hoje, simplifiquei a moda: uso calça jeans, bota e camiseta, de preferência com assuntos motociclísticos. Mas aproveitando o tema sobre moda e a oportunidade, e como já visto pelos leitores que não entendo nada do primeiro, aproveitarei para me vingar do bullying sofrido por minha geração a respeito. 

Então, deixo algumas perguntas sobre moda à geração atual:

• Por que pagar caro (e muito) por uma calça rasgada? Não é mais fácil rasgar uma velha?
• Qual a graça de usar moletom e capuz no verão?
• O que representa a fixação numa calça nº 40 quando se usa 42 ou 44?
• E calça baixa com barriguinha de fora?
• Em não se tratando de sereias, salvo raras exceções, qual a explicação daquelas meias que parecem rede de pescar?
• Usar tênis fosforescente faz parte de algum campeonato? Ganha quem brilhar mais?

Então, não gozem dos tios da Sukita... vocês chegarão lá um dia. Fica a dica!!!

©2018 desenvolvido por Gustavo Matheus