O que a fisioterapia pode ajudar diante 
da   Síndrome da Fragilidade   no idoso

Muito vem sendo estudado sobre a “Síndrome da Fragilidade” no idoso, pois essa população irá aumentar nos próximos anos. Idosos frágeis possuem um maior declínio funcional, afetando a sua independência.
Quando envelhecemos, é natural que algumas de nossas funções fiquem prejudicadas, mas, e quando essas alterações vão um pouco além do que se pode esperar? Como diferenciar o envelhecimento saudável x patológico?

 

A Síndrome da Fragilidade é uma alteração biológica, uma redução de reserva e resistência a estressores, resultando em declínio de vários sistemas fisiológicos, levando à vulnerabilidade e acontecimentos adversos (Campbell, 1997 e Hamerman, 1999). Pode ainda ser definida com base em 3 critérios fundamentais derivados da sua definição:
1) Dependência nas atividades de vida diária.
2) Vulnerabilidade a estressores ambientais, a patologias e quedas.
3) Estados patológicos agudos e crônicos.
  Os efeitos adversos da Síndrome da Fragilidade são:
• Maior índice de mortalidade,
• Maior número de hospitalizações,
• Maior número de quedas / medo de cair e fraturas,
• Maior número de institucionalizações,
• Agravamento de doenças crônicas,
• Predisposição a doenças agudas,
• Dificuldades de recuperação após doenças comuns da idade.

 

O manejo adequado da Síndrome da Fragilidade depende do diagnóstico precoce e tanto a prevenção quanto o tratamento, buscam melhorar a saúde e qualidade de vida para este grupo de idosos.

Como a fisioterapia pode ajudar na “Síndrome da Fragilidade” no idoso?
• Prevenindo e tratando os possíveis declínios funcionais,
• Estimulação das capacidades cognitivas.
• Prevenção da restrição ao leito,
• Prevenção da dependência funcional,
• A abordagem do familiar e ou cuidador,
• Ganho de força e resistência muscular, equilíbrio corporal e treino de marcha,
• Adaptação de dispositivos auxiliares e de mobiliários se necessários

Os benefícios do tratamento fisioterapêutico se perpetuam juntamente com uma atividade física de acordo com as preferências e possibilidades pessoais, à realização de atividades mentais, incentivo à socialização e boa nutrição.
Envelhecer é inevitável, mas a qualidade de vida do idoso pode – e deve – ser preservada. A fisioterapia é uma importante aliada! 

Para mais informações:

15 99798-1691
Rua Cônego Sizenando Cruz Dias, 805
Centro - Itapetininga
clinicainterpedia@hotmail.com         

©2020 desenvolvido por Commark Comunicação e Marketing