RODRIGO CANHOTO:

em apenas 10 MESES, um grande SUCESSO!

To play, press and hold the enter key. To stop, release the enter key.

press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom

Tudo começou com o sonho de um itapetiningano de sucesso. Rodrigo Moraes saiu da cidade para vencer. Foi bem-sucedido. Conquistou medalhas e muitos títulos pelo Brasil.

 

Agora, há 10 meses, o sonho está em sua cidade natal. Contribuir, através do esporte, com a sua cidade. É o time de vôlei “da minha cidade”, diz Rodrigo.
Após 10 meses, muitas conquistas. Coisa de vencedor.
Primeiro set: há que se comemorar, o acesso à Superliga - elite do vôlei nacional, que reúne equipes de ponta até no cenário internacional.

 

Segundo set: Registre-se o fato de que toda a Comissão Técnica renovou para permanecer em Itapetininga e, grande destaque, o Técnico Fabiano Ribeiro ‘Magoo’ ainda foi convocado para dirigir a Seleção Sub-19 Masculina do Brasil. “É a Comissão Técnica da minha confiança!”, reconhece Rodrigo. Junto com Magoo, tem o Assistente Técnico Ricardo Murbach, o Preparador Físico Ricardo Paradella e o Estatístico Isac Ramos. Outro fato importante: entre os atletas de Itapetininga, dois deles foram convocados para a Seleção Principal: Matheus Bispo e Victor Birigui.

 

Só ponto positivo para a equipe de Itapetininga!
Tem mais!
Terceiro set: o presidente da Fiesp e do Sesi-SP, Paulo Skaf, esteve em Itapetininga e anunciou a parceria entre o Sesi com o time de vôlei da cidade. Pela parceria, será oferecido apoio para a categoria de base. Rodrigo comemora. “A parceria irá melhorar ainda mais a qualidade do time, já que os melhores jogadores do país fazem parte da equipe do Sesi. Podemos elevar o nível do time e a possibilidade ainda maior de crescimento”, explicou.

 

Menção honrosa: a cidade! “Tivemos a maior média de público na Superliga B. É o apoio da cidade; é o envolvimento da população. Vôlei é um ‘esporte-família’. Vemos crianças e pais saindo de casa e do celular para vir comemorar o time da cidade. Está, realmente, acima das expectativas! A cidade acolheu com carinho o Projeto Vôlei. As pessoas se orgulham do time e têm, nos atletas, novos ídolos. Eleva a autoestima do itapetiningano’’, finaliza Rodrigo Canhoto.

 

É a ‘Corrente do Bem’.
É o que faz o time ser Top!